Lgcta2.gif (7527 bytes)

Rede CTA-UJGOIAS - Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo
Rede - Sindecon Tel/Fax.: 3107.2035 - amyra@netdoctors.com.br


0204096001 - Space Commodities x Evironment Finance- Tecnologia - Como pode a Internet trabalhar pelo Meio Ambiente - Por José Manoel Biagi Amorim 10/08/00

Space Commodities x Evironment Finance- Tecnologia

Como pode a Internet trabalhar pelo Meio Ambiente

Por José Manoel Biagi Amorim*

Muitas são as previsões sobre uma iminente catástrofe ambiental em virtude da má utilização dos recursos naturais. Disponíveis a custo zero no ecossistema, os recursos naturais vem sendo utilizados de forma insustentável, pois predominantemente nem os custos de reposição são incorporados aos processos produtivos.

O momento impõe que a economia tenha uma escala adequada ao ambiente natural relativa à capacidade natural dos ecossistemas de regenerar os insumos e absorver os resíduos em níveis sustentáveis. De outra forma a degradação ambiental reverte-se em depreciação do capital natural e perda de valor, de uso ou de não uso econômico, cuja reposição necessita de investimentos superiores às taxas de consumo.

Problemas econômicos tradicionais, como alocação e distribuição de recursos já contam com mecanismos capazes de gerenciá-los adequadamente, porém a questão da sustentabilidade permanece em aberto. Neste contesto surge um inesperado aliado da natureza na forma de uma nova tecnologia - a Internet. A revolução "ponto com" apenas começou e já está causando profundas transformações em todos os setores da economia mundial.

Mas de que forma a Internet estaria atuando em pró dos Ecossistemas? De forma direta e indireta. Estamos vivendo um fenômeno histórico, um processo onde mais e mais indivíduos estão trabalhando, estudando e fazendo compras dentro de seus lares. Empresas estão migrando do modelo tradicional para o business to business que é um novo canal de negócios, uma nova alternativa de comercialização de bens e serviços.

A questão do e-business é intrinsecamente relacionada ao aumento da eficiência e ao cortes de custos, pois o processo elimina despesas e gera economias, proporcionando ganhos que há poucos anos eram inimagináveis. Os negócios e a comunicação on-line estão diminuindo sensivelmente a utilização do papel em toneladas e toneladas por ano e proporcionando o crescimento de economias com um dispêndio menor de energias contribuindo para a manutenção dos estoques da natureza.

Por exemplo, um livro. Calcula-se que se comprado pela Internet despende no processo apenas 1/6 da energia se o mesmo produto for comprado da forma tradicional, em uma livraria. Considerando-se no calculo o transporte e a armazenagem do livro bem como a ida e a vinda da livraria, cuja infra-estrutura utiliza iluminação e refrigeração. Imagine ainda a economia de espaço físico para desenvolver a mesma tarefa de forma tradicional e de forma eletrônica.

Dados divulgados pela Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento, a utilização da Internet e do e-business pode diminuir em torno de 12,5% a ocupação de espaço para vendas feitas tradicionalmente, o que equivale a uma economia anual de US$ 5,0 bilhões em energia.

Essa mesma analogia pode ser utilizada no segmento da mídia escrita, como jornais, revistas, catálogos de produtos, diretórios e etc que poderão ser consultados on-line. Contribuem também para essa análise o crescimento do uso da correspondência eletrônica em detrimento das cartas, telegramas e assemelhados, da migração da publicidade da mídia escrita para a eletrônica bem como das colunas de classificados.

Estudos do Boston Consulting Group revelam que a Internet pode levar a uma economia global de 2,7 milhões de toneladas de papel por ano até 2003, mesmo posto que nunca utilizamos tanto papel como atualmente em nossos escritórios.

Na verdade, quando se raciocina sobre desenvolvimento sustentado, é preciso considerar que existem vertentes desse conceito, que sejam o desenvolvimento social, o econômico, o ambiental, político e o tecnológico, com requisitos de melhor qualidade de vida. Neste caso, o desenvolvimento tecnológico da Internet, está despertando a necessidade da utilização racional dos insumos, do espaço, da energia e do tempo. Esse é um processo em franca disseminação e aqueles que o experimentaram comprovam os ganhos de escala e a economia nos processos.

Quanto mais caminharemos nesta direção? Vejamos ainda, na era do Global Trading e do Eco-business, se uma empresa introduzir novas tecnologias que reduzam o impacto de suas atividades no meio ambiente abaixo dos níveis permitidos, poderá vender seus créditos a outras empresas que estejam acima deste nível, ou ainda para novas empresas que queiram se estabelecer no mesmo ramo. Estamos falando, portanto, de um paralelo entre a Internet e a geração de negócios e produtos para o novo mercado ambiental.

A Internet poderá ser também a grande aliada no processo de organização deste mercado e da geração dos negócios e comercialização com estes produtos. A Internet pode propiciar a interação dos agentes interessados em desenvolver padrões contratuais e de negociação com a credibilidade necessária e com a participação ativa da sociedade organizada. Não seria, portanto a Internet, o ambiente perfeito para o desenvolvimento desse mercado?

José Manoel Biagi Amorim - é Administrador de Empresas e MBA em finanças. Sócio Diretor da Doctors Consultores Associados, mestre do programa CTA - Consultant, Trader and Adviser do Sindicato dos Economistas, SP e chefe do Departamento de Análises e Investimentos da Novação S/A CCVM. email: jmb_amorim@novacao.com.br


Consulte o banco de dados da Rede CTA-UJGOIAS
O Universo Jurídico do Estado de Goiás
http://www.ujgoias.com.br - ujgoias@ujgoias.com.br

"A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo"    Peter Drucker


Rede CTA-UJGOIAS - Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas, no Estado de São Paulo

amyra@netdoctors.com.br - www.sindecon-esp.org.br

[ Topo ]

UJGOIÁS - O Universo Jurídico