ctapeq.gif (3027 bytes) Rede CTA-UJGOIAS - Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo
Rede - Sindecon Tel/Fax.: 3107.2035 -
amyra@netdoctors.com.br

03027000090 - Environment Justice x Finance - Conselho Regional de Economia do Espírito Santo - A Riqueza do Lixo - Por César Augusto Gomes 25/10/00

Environment Justice x Finance

Conselho Regional de Economia do Espírito Santo

A Riqueza do Lixo

Por César Augusto Gomes*

A defesa do meio ambiente tornou-se essencial para a humanidade, depois que o homem destruiu neste século mais 2/3 das florestas mundiais , fazendo com que a qualidade de vida nas grandes cidades apresente sinais de crônica deterioração . O assunto tem merecido análises e reflexões por parte de especialistas de diversas especialidades , face à sua gravidade .

É gratificante verificar que a população brasileira começa a se despertar para a necessidade da implantação de métodos mais inteligentes na destinação do lixo urbano, que, a par de ser eminentemente poluidor, representa uma grande perda em termos econômicos , pois a correta reciclagem pode permitir a geração de renda e de ocupação para milhares de brasileiros não aquinhoados com uma razoável formação acadêmica .

Este é o ponto central deste artigo . Mostraremos como é possível adotar-se providências simples que resolvem, de vez, uma das mazelas do homem moderno .

No que tange ao lixo industrial , houve, nos últimos anos , um grande avanço , na medida em que os empresários se convenceram da irracionalidade que é o desperdício, visto que há possibilidade de obtenção de lucros palpáveis .

O exemplo de destaque foi dado pela Fiat Automóveis que implantou uma indústria de desmontagem de veículos com um investimento superior a US$ 5 milhões , objetivando desmanchar mais de 50 carros mais de 10 anos de uso unidades por dia , para reaproveitar a grande quantidade de componentes metálicos agregados às carcaças e que correspondem a mais de 75 % de seus pesos.

Outro dado alentador é o fato do Brasil ser o vice-campeão mundial em reciclagem de latinhas de cervejas / refrigerantes, reutilizando mais de 68 % da produção inicial , ultrapassando os Estados Unidos cuja margem é de 63 % e só superado pelos canadenses. Isto só foi possível graças à atuação dos fabricantes de alumínio que montaram uma estrutura operacional em todo o país , estimulando a formação de microempresas que compram e prensam o material coletado por catadores . Somente no Estado do Rio de Janeiro mais de 200.000 pessoas têm na cata de latinhas a sua fonte de renda mensal, número que vem aumentando com o desemprego formal provocado pela recessão . Outro dado importante é que com a reciclagem do alumínio, há uma economia de energia equivalente a 15 % para se produzir uma nova lata destinada às bebidas .

Por conseguinte , o maior foco de preocupação vem do lixo residencial , que não corretamente separado e tratado, resulta na formação de lixões em volta das grandes cidades, dado o seu grande volume diário . O planejamento, principalmente por parte das prefeituras , pode contribuir para que esse problema seja amenizado. O importante é que já existem exemplos de sucesso, que serão abordados a seguir, e que devem ser copiados pelos alcaides brasileiros . Afinal, o que é bom deve ser pelo menos conhecido e aproveitado, com as adaptações regionais .

Um exemplo vem da cidade de Paulínea ( SP ) , onde a poluição era sufocante por causa da indústria petrolífera e pelos lixões nas favelas . Como a cidade era muito poluída, não havia um estímulo para que os habitantes se dedicassem à tarefa de preservar o meio ambiente . Mas em apenas dois anos , um decidido Prefeito mudou radicalmente o panorama .

De início, a autoridade atacou de frente a poluição industrial e conseguiu que as empresas instalassem filtros modernos para reter a fuligem e, além disto, elas ainda financiaram a erradicação das montanhas de detritos acumulados nos lixões e nos morros . Uma idéia singela resolveu de vez o problema , a ponto de estimar que no ano 2.002 se alcançará a meta do " lixo zero " .

Como se conseguiu o sucesso em tão pouco tempo ? Com determinação e planejamento . Em apenas 10 meses depois de aprovado o projeto, a cidade estava coalhada de lixeiras de cinco cores diferentes. As de cor amarela servem para acondicionar metais ; nas vermelhas são depositadas os plásticos ; vidro é colocado nas de cor verde ; material orgãnico nas cestas brancas e outros materiais nos cestos de cor preta .

Simultaneamente foram distribuídos sacos plásticos nessas cores , contendo propaganda de empresas que colaboraram com a iniciativa , com custo zero para os cofres públicos . As lixeiras estavam a 20 metros uma das outras , de modo a facilitar o acesso da população . Mas a segunda parte do plano foi mais inventiva.

O prefeito analisou com os líderes comunitários qual o destino a ser dado com a venda dos objetos a serem coletados . Ficou acertado que metade da renda seria destinada à implementação de programas de apoio às comunidades residentes na periferia, com preferência para assistência social, espaço de lazer, bibliotecas , etc. , sendo que a Prefeitura coordenaria os trabalhos, contando com a mão de obra local em sistema de mutirão .

Mas o que agradou à população , principalmente aos jovens, foi a decisão de os 50 % restantes seriam convertidos em sorteios de prêmios para o comunidade.

O segundo exemplo vem da tão decantada Curitiba , que há mais de 10 anos presta serviço de primeiro mundo à sua população . Qual a estratégia adotada ? O então prefeito Jaime Lerner determinou que as Assistentes Sociais da Prefeitura ( PMC ) comparecessem a todas as casas da periferia, informando que haveria troca de lixo reciclável por cestas básicas. Determinada quantidade de metal equivaleria, por exemplo, a um quilo de arroz . Feita a tabela de conversão , os caminhões da PMC se postavam nas proximidades dessas localidades e começavam o escambo .

Em menos de 06 meses foi possível disseminar junto às populações carentes que é possível se ter uma vida mais digna , com menor incidência de doenças endêmicas , pelo simples fato de se acondicionar e separar os detritos , podendo se ter uma renda complementar vendendo os produtos reaproveitáveis. Foi fornecido crédito para a formação de cooperativas de catadores de papel e de latas .

Em muitas capitais e grandes cidades brasileiras temos outros exemplos de igual sucesso . Mas está comprovado que somente colocar lixeiras , mesmo que com muita publicidade, sem preparar uma campanha de convencimento individual pode transformar

uma excelente idéia num retumbante fracasso . A farta distribuição de sacolas de cores diferentes foi o chamariz em Paulínea . A distribuição de cestas básicas funcionou muito bem em Curitiba . Que outras saídas criativas poderemos ter para mobilizar os habitantes de um município ? Com a palavra os administradores públicos .

César Augusto Gomes é Mestre em Economista, Diretor de Metha Consultoria e Planejamento Tributário Ltda. e Conselheiro do Conselho Regional de Economia / ES .email:<metha@rbo.com.br>


Consulte o banco de dados da Rede CTA-UJGOIAS
O Universo Jurídico do Estado de Goiás
http://www.ujgoias.com.br - ujgoias@ujgoias.com.br


"Sei que meu trabalho é uma gota no oceano.
Mas sem ele, o oceano seria menor..."   Madre Teresa de Calcutá

Rede CTA-UJGOIAS - Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas, no Estado de São Paulo

amyra@netdoctors.com.br - www.sindecon-esp.org.br

[ Topo ]

UJGOIÁS - O Universo Jurídico