03027000119 - Environment Justice x Finance - Dendrocirurgia para recuperar árvores - Por Maria Esmeralda Demattê 07/12/00


Rede CTA-UJGOIAS - Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo
Rede - Sindecon Tel/Fax.: 3107.2035 - amyra@netdoctors.com.br

Dendrocirurgia para recuperar árvores

Por Maria Esmeralda Demattê*

Uma das causas da perda de árvores é a podridão no tronco. Pode começar com um pequeno furo feito por um inseto. Esse furo torna-se porta de entrada para micróbios, que proliferam, principalmente, em épocas úmidas e quentes, provocando o apodrecimento da parte atacada. O resultado é a formação de um buraco no tronco da árvore, que tende a aumentar com o passar do tempo.

Muitas vezes, árvores plenamente desenvolvidas apresentam esses ocos no tronco. Entrarão em decadência com o progresso da podridão. Além disso, a estabilidade da árvore diminui, e ela passa a ser perigosa, podendo cair durante temporais. Em terreno úmido, se o peso da árvore não estiver bem distribuído, também haverá perigo de queda, mesmo sem ventos fortes.

Uma árvore sempre merece ser salva. Os motivos têm sido enfatizados por muitos. Acrescentarei apenas que, neste momento, esforços estão sendo feitos na Europa para salvar florestas inteiras que estão em decadência por causa do empobrecimento dos solos em que crescem. Essas florestas estão sendo recuperadas com fertilização apropriada, e o objetivo principal é impedir o agravamento do "efeito estufa", isto é, o aquecimento do planeta pelo acúmulo, na atmosfera, de dióxido de carbono e outros gases poluentes. Uma única árvore pode absorver até 23 kg de dióxido de carbono por ano.

A dendrocirurgia é o tratamento realizado em áreas do tronco ou de ramos de uma árvore que apresentem uma necrose, isto é, morte de tecido, em expansão. Este tratamento é feito para conter o processo de necrose, quando a estabilidade da árvore ainda não foi comprometida. Consiste em limpar as áreas afetadas, desinfetá-las e usar substâncias impermeabilizantes para preencher as cavidades originadas pelas lesões.

Comumente, o preenchimento dos ocos tem sido feito com materiais de alvenaria. Esse procedimento apresenta inconvenientes. A dilatação desses materiais de alvenaria ocorre com intensidade diferente daquela da madeira, e isso provoca rachaduras na massa de preenchimento, por onde penetra umidade. A umidade vai propiciar o progresso da podridão que deveria ser controlada. Outro problema é o de que, se a árvore morrer e tiver que ser removida, o trabalho vai ser muito mais difícil, por causa da massa de cimento ou concreto no interior do tronco.

Outros produtos estão sendo usados mais recentemente, como polímeros, que se expandem, preenchendo toda a cavidade do tronco e proporcionando cicatrização satisfatória dos tecidos próximos à lesão.

O Eng. Agr. Paulo Renato Alves Barcelos tem praticado dendrocirurgia em árvores urbanas de Porto Alegre, com bons resultados. Ele virá ao Campus de Jaboticabal da Universidade Estadual Paulista (Unesp), para demonstrar essa prática e discutir também outros assuntos referentes ao manejo da arborização urbana.

Maria Esmeralda Soares Payão Demattê* é Engenheira Agrônoma e Professora Titular Voluntária da Universidade Estadual Paulista, onde se aposentou. É também empreendedora em paisagismo, produção orgânica e recuperação de áreas degradadas.Email: maria@fcav.unesp.br

O curso "Manejo da Arborização Urbana e Dendrocirurgia" aconteceu nos dias 30 de novembro e 1 e 2 de dezembro, em Jaboticabal, SP. Informações podem ser conseguidas no Setor de Eventos da Funep (Fundação de Estudos e Pesquisas em Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia) pelo telefone (0xx) 16-3203-1322, ou pelo e-mail eventos@funep.com.br


Consulte o banco de dados da Rede CTA-UJGOIAS
O Universo Jurídico do Estado de Goiás
http://www.ujgoias.com.br - ujgoias@ujgoias.com.br


"Sei que meu trabalho é uma gota no oceano.
Mas sem ele, o oceano seria menor..."   Madre Teresa de Calcutá

Rede CTA-UJGOIAS - Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas, no Estado de São Paulo

amyra@netdoctors.com.br - www.sindecon-esp.org.br

[ Topo ]

UJGOIÁS - O Universo Jurídico