Lgcta2.gif (7527 bytes)

 

Rede CTA-Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo
Rede - Sindecon Tel/Fax.: 3107.2035 - amyra@netdoctors.com.br


03027032004 - Enviromment Justice - Finance x Código Florestal - Mobilização Nacional do Uaipoque ao Chuí pelo Código Florestal - CONAMA - Diversos

19.05.2000

Environment Justice x Finance -  Código Florestal

Mobilização Nacional do Uaipoque ao Chuí pelo Código Florestal - CONAMA

WWF/ISA/SOS MATATLÂNCICA/AGRISUST/ Comissão de Defesa do Meio Ambiente da ALERJ, pelo Viva Rio, ONG SerConsciente, Defensores da Terra, APREC, APEDEMA, CREA/RJ, Diversos Artistas e Escolas do Rio de Janeiro - APASC- Associação para Proteção Ambiental de São Carlos - alunos da FADISC, APASC, APEOESP - São Paulo


WWF - Fundo Mundial para a Natureza - Brasília

ONGs "vestem" árvores de branco pelo Código Florestal do Conama

Atos públicos ocorrem simultaneamente em várias capitais brasileiras. WWF faz evento em Brasilia.

Brasília - As árvores da Esplanada dos Ministérios serão "vestidas" com faixas brancas na manhã deste sábado (20 de maio), em ato que comemora o arquivamento do "Projeto Motosserra" proposto pelo Deputado Moacyr Micheletto (PMDB/PR) e pede a aprovação, pelo Congresso, do texto de consenso aprovado pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) para o Código Florestal. O ato, liderado pelo WWF-Brasil, faz parte da ampla mobilização organizada pela Rede de ONGs da Mata Atlântica que ocorre simultaneamente em várias capitais das regiões Sul, Sudeste e Nordeste. O ato de Brasília conta ainda com a participação das entidades ambientalistas Patrulha Ecológica, Amigos do Futuro e Instituto Socioambiental. O shopping Conjunto Nacional e o Zoológico de Brasília também estão dando apoio, com a cessão de espaço para a instalação de stands para a coleta de assinaturas em favor do CONAMA.

Após "vestir" as árvores da Esplanada, os ambientalistas e voluntários realizam ato no Parque da Cidade com a distribuição de faixas brancas para o público, que também será convidado a participar de um abaixo-assinado em favor da proposta do CONAMA; o documento será entregue ao Presidente Fernando Henrique Cardoso e ao Presidente do Congresso, Senador Antônio Carlos Magalhães, na próxima semana. O governo tem até o dia 27 para reeditar a Medida Provisória do Código Florestal e pode utilizar o texto do CONAMA para isso, enquanto o Congresso não elege a nova Comissão Mista de 28 membros que irá tratar do Código Florestal. Com a retirada do projeto do Deputado Micheletto devido à pressão da opinião pública, a antiga Comissão Mista controlada pelos ruralistas foi extinta.

O ato deste sábado servirá ainda para divulgar o Dia Nacional em Defesa da Vida e das Florestas Brasileiras, marcado para a próxima quarta-feira, dia 24, no Congresso Nacional. Estudantes e ambientalistas pedirão aos parlamentares que aprovem o texto do CONAMA e suspendam a votação, marcada para aquele dia na Comissão de Assuntos Sociais do Senado, de um outro projeto de lei que permite o desmatamento de 10% dos mangues brasileiros para a instalação de fazendas de criação de camarão em cativeiro, de autoria da Senadora Maria do Carmo Alves (PFL/SE). "Este projeto fere mais uma vez o Código Florestal, pois os mangues são áreas de preservação permanente e não podem ser desmatados", reagiu o secretário geral do WWF-Brasil, Garo Batmanian, acrescentando que "os mangues são fundamentais como berçário de inúmeras espécies comerciais, como peixes e caranguejos, além de servir de filtro natural, limpando as águas das baias. A proposta da Senadora Maria do Carmo causa impactos ambientais e sociais e deveria ser tratada só após a aprovação definitiva do novo Código Florestal. Caso contrário, estaremos aprovando a proposta do Deputado Micheletto aos pedaços, inviabilizando a futura legislação".

ATO PELA APROVAÇÃO DA PROPOSTA DO CONAMA PARA O CÓDIGO FLORESTAL

DATA: 20 DE MAIO DE 2000

HORÁRIO PREVISTO: DAS 9 HORAS ÀS 13 HORAS

LOCAL: CONCENTRAÇÃO EM FRENTE À CATEDRAL DE BRASÍLIA PARA AÇÕES NA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS, COM POSTERIOR DESLOCAMENTO PARA O PARQUE DA CIDADE, COM CHEGADA PREVISTA PARA 11 HORAS NO ESTACIONAMENTO PRÓXIMO AO LAGO DOS PEDALINHOS

STAND PARA COLETA DE ASSINATURAS:

NO ZOOLÓGICO - DIAS 20 E 21 DE MAIO - NO CONJUNTO NACIONAL (PISO TÉRREO, EM FRENTE AO BRB) DO DIA 19 A 27 DE MAIO, DE 11 ÀS 19 HORAS

PARA MAIORES INFORMAÇÕES FAVOR CONTATAR: ULISSES LACAVA, WWF - (61) 248.2899 / (61) 914.5532  email: ANA@wwf.org.br


Instituto Socio Ambiental - ISA e SOS Mata Atlântica - São Paulo

MOBILIZAÇÃO PELAS FLORESTAS BRASILEIRAS

Parque Ibirapuera - Domingo, 21/05 - 11 hs

Vocês que participaram da Campanha SOS Florestas estão convidados a se unirem a um grupo de ONGs e cidadãos que estará neste domingo, às 11h00, em frente ao Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera (São Paulo), numa manifestação de repúdio à modificação do Código Florestal proposta pela bancada ruralista no Congresso Nacional.

O ato público foi apelidado de "Funeral na Floresta", pois, ainda nos sentimos de luto, apesar da vitória parcial com o arquivamento do projeto dos ruralistas. É preciso chamar a atenção da sociedade sobre a ameaça que paira sobre os ecossistemas brasileiros e cobrar dos nossos governantes a aprovação de uma lei que proteja nossas florestas.

As entidades ambientalistas defendem a proposta do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), elaborada com a participação dos setores representativos da sociedade civil e do governo. Essa proposta foi subsidiada por mais de 25 audiências públicas realizadas em 20 Estados, onde estiveram presentes milhares de pessoas e entidades.

Vamos ditar o rumo das novas negociações no Congresso e enterrar de vez o projeto de lei dos ruralistas, marcando nossa posição em prol da proposta do CONAMA !

Participem! Vistam suas camisetas pretas em sinal de luto e convidem amigos, filhos e parentes para a mobilização. Levem faixas de protesto e panos pretos, para envolvermos as árvores do parque. Unam-se às entidades ambientalistas e aos cidadãos que estarão se manifestando nesse final de semana em todo o país !

Mais informações:

Valéria Macedo e Ricardo Barreto (tel: 11-8255544) Instituto Socioambiental Belloyanes Monteiro (tel.: 11-3887-1195) - Fundação SOS Mata Atlântica

Rachel Biderman Furriela - Instituto Socioambiental - São Paulo - rbiderman@socioambiental.org www.socioambiental.org - fone: (55) 11- 8255544


Lista Agrisust - Agricultura Sustentável

MANIFESTO EM DEFESA DA VIDA E DAS FLORESTAS

Amigos e amigas visitem e assinem o manifesto: www.ufrpe.br/~agrisust/sosflor.htm

Coordenado por Cristiano Cardoso Gomes - email: crisol@baydejbc.com.br


Comissão de Defesa do Meio Ambiente da ALERJ, pelo Viva Rio, pela ONG SerConsciente e Defensores da Terra - APREC - APEDEMA -CREA, Diversos Artistas e Escolas do Rio de Janeiro

VAMOS ABRAÇAR A AMAZÔNIA

Todos os amantes da natureza estão convidados para este ato em que protestaremos contra a reforma do Código Florestal proposta pelos ruralistas, que estabelece a permissão para que 50% dessa floresta possa ser desmatada. O projeto foi suspenso mais a ameaça continua.

O ato - que contará com a participação de artistas e representantes de todas as religiões - será promovido pela Comissão de Defesa do Meio Ambiente da ALERJ, pelo Viva Rio, pela ONG SerConsciente e Defensores da Terra.

Carlos Minc e Mário Moscateli portarão uma "Moto Planta" – Motoserra que ao invés de cortar, planta. Estarão presentes escolas da região como Colégio Pedro II, Escola Parque, André Maurois, entre outras.

Durante o ato, em frente a árvores típicas da Amazônia, promoveremos um minuto de silêncio em homenagem a essa imensa área verde, que continua ameaçada pelo lobbie de grandes agricultores, pecuaristas e latifundiários.

Os ruralistas tiveram uma derrota parcial, mas continuam articulando para aprovar a mudança no Código Florestal.

Essa proposta absurda, por hora adiada, se aprovada, incentivará novos recordes de desmatamento na região.

Sexta-feira, às 10h, todas as escolas públicas e particulares fizeram um minuto de reflexão pelas florestas nacionais, segundo decisão do SEPE e do Sindicato dos Professores.

A direção e os funcionários do Jardim Botânico aderiram ao ato e não será cobrado ingresso dos estudantes que irão participar do protesto. Mais informações:

Comissão de Defesa do Meio Ambiente da ALERJ - Deputado Carlos Minc - Presidente 533-9955 / 533-9353 / 588-1363 / 588-1362 - carlos.minc@openlink.com.br

O CREA-RJ e entidades ambientalistas convocam todos os cidadãos preocupados com a conservação da natureza a participarem do "MANIFESTO POR NOSSAS FLORESTAS" a realizar-se no DOMINGO próximo dia 21 de maio às 10:00h com concentração na PRAIA DO LEBLON, junto a Visconde de Albuquerque.  Leia mais em, http://www.crea-rj.org.br

Engenheiro José Chacon de Assis  - Presidente do CREA-RJ   email: presidente@crea-rj.org.br


APASC- Associação para Proteção Ambiental de São Carlos - alunos da FADISC, APASC, APEOESP - São Paulo

SOS Florestas - Participe!

Envie um e-mail agora para o presidente Fernando Henrique Cardoso e para os parlamentares protestando! Você pode usar o texto abaixo como exemplo:

Senhor Presidente,

Senhores Congressistas,

Como cidadão e como eleitor, quero manifestar o meu repúdio à proposta de texto do Código Florestal aprovada pelos ruralistas e pedir que essa proposta seja rejeitada pelo Congresso.

Comunicamos que nesta próxima terça-feira, 16/05/00, às 8:30 horas da manhã, convidamos a todos a estarem em frente à Faculdade de Direito de São Carlos (FADISC), de onde sairá uma Carreata em direção à Praça Coronel Salles, próxima à Câmara Municipal de São Carlos, onde ocorreu uma manifestação CONTRA MODIFICAÇÕES NO CÓDIGO FLORESTAL, organizada por alunos da FADISC, APASC, APEOESP, alunos estes sensibilizados pela Promotoria do Meio Ambiente do Fórum da Comarca de São Carlos na pessoa do Promotor Público Dr. Edward Ferreira Filho.

Vamos engrossar esta manifestação. É preciso esclarecer que a violência contra o Código Florestal não afeta apenas o meio ambiente na Amazônia, mas causa seríssimos prejuízos em todo país. Aqui em São Carlos inúmeras Ações Civis - inclusive a que a APASC impetrou contra a Prefeitura pela abertura irregular das avenidas marginais - vão para o espaço com a aprovação do Projeto de Lei do Deputado "Maledeto", digo, Micheleto, que, entre outras maldades, prescreve que o código florestal deve valer apenas para o perímetro rural. Quem define o perímetro urbano de uma cidade é o Prefeito. Nada, mas nada mesmo, impede que todo o território de uma cidade seja "promulgado" perímetro urbano! Aqui em São Carlos existem loteamentos de chácaras próximos ao pedágio da Rodovia W. Luís, que estão dentro do perímetro urbano!! Só mesmo um adivinho ou especulador imobiliário, para saber que ali ainda é cidade...

Vamos ao EMPATE !!! Vamos abraçar nossas árvores e defender a Lei que as protegem. Chico Mendes vive em nós.

APASC- Associação para Proteção Ambiental de São Carlos - Rua Riachuelo, 931 Caixa Postal 596 CEP 13560-970 São Carlos- SP - Tel.: (0xx16) 274 2653 - Visite nossa página www.apasc.org.br


"A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo"     Peter Drucker

[ Topo ]

UJGOIÁS - O Universo Jurídico