Lgcta2.gif (7527 bytes)

 

Rede CTA-Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo
Rede - Sindecon Tel/Fax.: 3107.2035 - amyra@netdoctors.com.br


05041000011 - Information Commodities - Dicas Didáticas (10) - Reuniões, Teses, Cursos, Livros, Campanhas, Prêmios 29/06/00 15:11:28

Information Commodities - Dicas Didáticas (10)

Reuniões, Teses, Cursos, Livros, Campanhas, Prêmios


Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A BAÍA DE SEPETIBA: DEFINIÇÃO DO BOTA-FORA DO MATERIAL DRAGADO E PLANO DE DESPOLUIÇÃO

A Comissão de Defesa do Meio Ambiente da ALERJ convida para Audiência Pública sobre a situação da Baía de Sepetiba e os impactos gerados pela dragagem do canal do Porto de Sepetiba, a ser realizada no dia 30/06/2000 (sexta feira) às 14 horas na sala 316 do Palácio Tiradentes.

A Baía de Sepetiba , apesar da ocupação de seu entorno ser relativamente recente, encontra-se em acelerado processo de degradação. Industrias despejam metais pesados em suas águas, a pesca predatória afeta as populações de peixes e crustáceos, os rios estão assoreados e finalmente, a instalação do Porto de Sepetiba e as dragagens para aprofundamento do canal geraram profundos impactos no fundo da baía e colocam em circulação metais pesados já sedimentados. A FEEMA não renovará a licença provisória de emergência e está concluindo análises dos relatórios da Coppe e do INPH – Instituto Nacional de Pesquisas Hidrográficas sobre circulação de água na Baía, dispersão e soluções para o bota-fora e para a Restinga de Marambaia.

A Comissão de Defesa do Meio Ambiente da ALERJ, solicitou à FEEMA a suspensão provisória das dragagens na área do Porto e a avaliação dos danos ambientais e sociais que estas obras estão causando na região, assim como a definição do local de "bota – fora" do material dragado.

A situação é preocupante e ainda não existe um Programa de Despoluição da Baía de Sepetiba, com ações de saneamento básico, controle da poluição industrial, recuperação dos manguezais e dos rios tributários, incentivar à pesca artesanal, o que é um objetivo de todos.

Participarão da Audiência técnicos e pesquisadores da Uerj, Ufrj, Uffrural, Uff, Puc, Coppe, além de representantes da Prefeitura, Feema – através de seu presidente, Axel Grael e equipe e da Companhia Docas, ambientalistas e pescadores, Fiocruz, Fundação Superintendência Estadual de Rios e Lagoas, Secretaria de Estado de Saneamento e Recursos Hidricos, entre outros.

Contamos com a sua presença

Atenciosamente,

Carlos Minc

Deputado Estadual - Presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da ALERJ

Telefones para contato: 588-1362 e 588-1363 - e-mails: carlos.minc@openlink.com.br ou hpminc@alternex.com.br


Defesa de Tese de Doutorado

Valoração de Ativos Ambientais como subsídios à Decisão Pública

O prof. José Aroudo Mota estará defendendo a Tese de Doutorado "Valoração de Ativos Ambientais como subsídio à decisão Pública" no dia 01/07 às 09:00hs - Centro de Desenvolvimento Sustentável - SQS Quadra 05, Bloco H - 2 andar - Brasília - DF

José Aroudo Mota email: jamota@tba.com.br


Fundacion de Educacion Ambiental (Fundambiente)

Valoracion Economica del ambiente

La Fundación de Educación Ambiental, adscrita al Ministerio del Ambiente y de los Recursos Naturales de Venezuela (MARN), le invita a participar en el curso de "VALORACION ECONOMICA DEL AMBIENTE", que se dictará los días 06,07,13 y 14 de junio en la sede del Ministerio en Caracas.

Este curso está dirigido a geógrafos, geodestas, ambientalistas, agrónomos, ingenieros forestales, urbanistas, economistas, expertos en catastro, biólogos, consultores, entre otros profesionales dedicados al estudio y conservación racional de los bienes y servicios ambientales.

JUSTIFICACION

Tanto en Venezuela como en la mayoría de países Latinoamericanos, existe hoy día una deficiencia de profesionales debidamente capacitados en la identificación, evaluación y análisis económicos, en el proceso de aprovechamiento de los recursos naturales y el ambiente en general. La Valoración Económica del Ambiente es una herramienta necesaria para velar por el uso sostenible de los bienes y servicios ambientales, al brindar a las personas, la información económica necesaria en el campo de su conservación y aprovechamiento.

Conscientes de la necesidad que tienen nuestro país y las autoridades ambientales de promover el establecimiento de regulaciones adecuadas para la conservación y uso sostenible de nuestros recursos, se ha considerado la realización de este curso, con el fin de incentivar la utilización de esta herramienta entre los futuros profesionales que se encargaran de la formulación de dichas normas ambientales.

PROGRAMACION

1era. Jornada

- Apertura del curso. Entrega del material de apoyo. Presentación del expositor y de cada uno de los participantes.

- Problemática del uso y manejo de los bienes y servicios ambientales.

- Revisión de conceptos económicos. elementos de microeconomía y deanálisis económico cuantitativo

2da. Jornada

- Descripción de los métodos de valoración económica:

- M. Directos: costos de producción, precios de mercado, análisis costo/beneficio.

- M. Indirectos: Hedónicos, Contingente y Costo de Viaje

- Introducción a la transferencia de costos y beneficios.

3era. Jornada.

- Análisis beneficio costo: Criterios básicos

- Evaluación económica y financiera

4ta. Jornada.

- Análisis beneficio costo en la aplicación de normas técnicas

- Impuestos y Contaminación Óptima

- Experiencia en otros países en la Aplicación del Análisis Beneficio Costo para las Normas Técnicas Ambientales.
- Ronda final de preguntas y respuestas.

- Clausura del curso.

CONTACTO

Para mayor información, favor llamar a los teléfonos de FUNDAMBIENTE: Telfax: (02) 4081016/1082 - 4840664 o enviar un mensaje a la siguiente dirección de correo electrónico: vvalera@cantv.net

Divulgado por Mauricio Mercadante email: mercadante@zaz.com.br


COPIDART Editora, CEETEPS e FAT

Lançamento dos livros: Tecnologia e Ambiente e Espaço e Turismo

Autoras: SONIA MORANDI e ISABEL CASTANHA GIL

Data: 29 de junho, a partir das 17 horas. - Local: Edifício Ramos de Azevedo - Depto. de Patrimônio Histórico - (prédio ao lado do CEETEPS) - Pça. Cel. Fernando Prestes, nº 152 - (metrô Tiradentes) São Paulo

Divulgado por CETEC email: cetec@uol.com.br


Campanha - Viva Rio

"Basta! Eu quero paz"

Quero dizer um BASTA.

Deixar de ser vítima ou testemunha passiva desta violência insana.

Enfrentar o medo. Olhar ao redor e chamar a paz.

Trazer um pouco dela para dentro de mim.

Vou demonstrar esta vontade em 7 de julho, o dia do BASTA.

Vou sair vestido de branco neste dia e vou pedir a minha família e a meus colegas que também se vistam de branco.  Quero ver tanta gente de branco pelas ruas   que um ano novo se anuncie em pleno mês de julho!

Às sete da noite,  vou apagar as luzes de minha casa e vou acender uma vela junto à janela.  Que a luz frágil e calorosa das velas, em meio à escuridão, nos faça pensar.

Se puder e tiver forças, vou pegar uma fotografia de uma pessoa querida que tenha sido vítima de violência e vou levá-la para colar no mural do BASTA  em minha cidade. 

Quero deixar a marca de minha dor neste monumento.

Vou explicar que o BASTA persegue três objetivos principais:

- mais justiça social para este pais iníqüo (e sobretudo para os jovens, que são os mais expostos à violência);

- o desarmamento, com uma política de controle radical do uso da arma de fogo (pelos criminosos, pela policia e pela população em geral);

- valorização e reforma das polícias,  para que as forças de segurança inspirem o respeito que lhes é devido, cumpram melhor o seu papel e se integrem na comunidade.

Vou cobrar estas coisas do Governo, com certeza.

Vou pedir às crianças que as desenhem e que as divulguem.

E vou fazer a minha parte para que se tornem realidade.

Campanha no próximo dia 7, às 7 da noite. No Rio de janeiro, o ponto de encontro será no Largo da Carioca.

Venha participar! Conto com você. Grande abraço,

Andrea Doti - Viva Rio
Enviado por EcoNet Rede Ecológica da APREC Ecossistemas Costeiros  email: aprec@nitnet.com.br


Secretaria de Educação Fundamental do ministério da Educação (MEC)

Teleconferência vai discutir educação ambiental

Evento será na próxima sexta-feira (30)

Os interessados em discutir a educação ambiental e a sua inclusão nos currículos escolares poderão participar de uma teleconferência na próxima sexta-feira (30).

Promovida pela Coordenação Geral da Educação Ambiental ligada à Secretaria de Educação Fundamental do ministério da Educação (MEC), o evento será transmitido do auditório da Embratel, em Brasília, das 9h às 11h30.

A teleconferência é uma espécie de debate virtual. Transmitido pela televisão, os participantes, que estarão em Brasília, poderão responder perguntas de todo o Brasil via fax.

Participarão do debate a coordenadora geral de Educação ambiental, Lucila Pinsard Vianna, o coordenador dos parâmetros em ação do meio ambiente, Jaime Tadeu Oliva e a consultora da Secretaria de Educação Fundamental, Ana Emília Ainoue.

O debate poderá ser assistido nos auditórios da Embratel de todo país ou sintonizado pela antena parabólica (Transponder 6 A1, freqüência 3910 da Banda C ou 1240 da Banda L, polarização horizontal). Para dúvidas e sugestões antes do debate o número de fax é (61) 410-9192. Para participação durante o evento, as perguntas devem ser enviadas para o fax (61) 316 8338.

Em São Paulo / Capital o endereço do auditório é Rua dos Ingleses 600, Bela Vista tel:(011) 2382294

Quanto ao endereço da banda larga ainda não consegui, mas estou a procura.

Mônica Pilz Borba

Elo do Alto do Tietê da REPEA

Rede Paulista de Educação Ambiental email: monicab@5elementos.org.br


CREA-RJ

Medalha Tiradentes

O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Rio de Janeiro tem a honra de convidar V.Sa. para a solenidade de entrega da Medalha Tiradentes ao seu presidente Eng. José Chacon de Assis, por indicação do Deputado Estadual Paulo Ramos.

A entrega será feita no dia 30 de junho de 2000, sexta-feira, às 18:00 horas, no Plenário do Palácio Tiradentes à rua Primeiro de Março, s/nº - Praça Quinze.

R.S.V.P. (21) 223-0013

Estratégia de combate às secas e à desertificação em bacias hidrográficas.

O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Rio de Janeiro - CREA-RJ, através de sua Comissão de Meio Ambiente-CMA, estará realizando no dia 29 de junho do corrente, a partir das 17:00 hs, na sede do conselho, sito a rua Buenos Aires, 40 – 5º andar – Centro – RJ, palestra técnica intitulada "Estratégia de combate às secas e à desertificação em bacias hidrográficas".

José Chacon de Assis
Presidente do CREA-RJ

Saiba mais visitando o site do CREA-RJ presidente@crea-rj.org.br

http://www.crea-rj.org.br/noticias/crjn0045.htm


Curitiba- Paraná

Núcleos Temáticos- Grupos de Estudos

Informa-se a título de ata que em nossa última reunião do dia 14/06/2000 discutimos o seguinte tema: "Como funcionam as avaliações – inclusive para fins de leilões, quanto a implicações bancárias", e nosso palestrante foi o Eng. Agrônomo CARLOS HENRIQUE R. ALMEIDA, especialista em avaliações e perícias; dentre outros assuntos.

Utilizamo-nos da presente para apontar que a data de nossa próxima palestra será 28/06/2000 – confirmada. O tema será "Economia Brasileira" com ênfase sobre a Agricultura. Nosso palestrante será o Dr. Luiz Antonio Fayet, ex-presidente do Banestado, ex-diretor do Bando do Brasil, consultor de inúmeros órgãos de classe e empresas.

Nossa reunião do dia 28/06/00 será no mesmo local e horário: Rua Alberto Bahr, nº 135, Tarumã, Curitiba, das 19:00 às 21:00 horas, próximo a CCV do Tarumã e Churrascaria Boi Gordo.

Quem desejar qualquer outro esclarecimento, favor contatar no tel. (041) 352-0660 com Heroldes Bahr Neto ou no tel. 224-8941 com Elemar Kuchler.

Lembramos finalmente que o principal objetivo de nossas reuniões é a troca de informações e experiências. Portanto, caso os amigos tenham outros que tenham interesse de participar, estão desde já convidados.

OBS: Temas reservados para as próximas pautas: Resolução 871/872 do Conselho Federal de Contabilidade, Responsabilidade de Administradores e Gerentes na administração da Empresa; ISS – Alterações.

Heroldes Bahr Neto - Av. Cândido de Abreu, nº 469, conj. 1505 - Centro Cívico - Curitiba - PR - Tel. 352-0660 / Fax: 252-2807 -e-mail: bahr@bbs2.sul.com.br


FITMA 2000

SETMA - Seminario de Tecnologias de Meio Ambiente

Durante a Feira FITMA 2.000 vai acontecer a SETMA - Seminario de Tecnologias de Meio Ambiente. 04 Conferëncias e 40 Palestras com a  coordenaçao  do Eng.. Nelson Nefussi, ex Presidente da CETESB, trara varios convidados internacionais.

TECNOLOGIA E SAUDE PUBLICA  

Eng. Sergio Caporalli

Diretor do Centro Pan Americano de Engenharia Sanitaria Ciencias do Meio Ambiente e Organização Pan Americana de Saude  e Organização  Mundial da Saude

RISCOS MICROBIANOS E QUIMICOS NA DESIFECÇÃO DE  AGUA POTAVEL

Eng. Horst Oterstter

Consultor Internacional e diretor da Organização Pan Americana de Saude e Organização Mundial de Saúde

PROCESSOS , METODOLOGIAS E TECNOLOGIAS  NA REICIRCULAÇÃO DE  AGUA NA INDÚSTRIA

Eng. Prof. Pedro Caetano Sanches Mancuso

Depto. de Saude Ambiental da Faculdade de Saude Publica Universidade de Sao Paulo

RISCOS A SAUDE PUBLICA

Ing. Ivanildo Hespañol

Asociación Interamericana de Inginieria Sanitaria y Ambiental AIDIS


FORUM DE DEBATES

Saneamento ambiental

Abastecimento de agua - Qualidade de agua aceitavel para abastecimento Publico

Desinfeção de  agua - Riscos microbianos versus riscos quimicos - riscos a Saude Publica com uso de  aguas residuais tratadas - Tratamento em estações de tratamento de Agua .

Esgotos - Tratamento e disposicão final em esgotos  subterraneos  Esgotos sanitarios. Vantagens e desvantagens para o setor industrial e tratamento de efluentes liquidos industriais.  Remocão de nutrientes de  efluentes. Riscos de corrosão em sistemas de coleta.

RESIDUOS - PREVENÇÃO

Tecnologias limpas a nivel mundial e reciclagem de residuos

USA - EUROPA - JAPAO E PAÍSES ASÍATICOS

Tecnologias limpas e reciclagen de residuos  Situacão no Brasil e na América Latina   

Industria Quimica e Petroquimica -  Indústria de minerais  não metálicos -

Industria de Papel - Industria de Celulose - Tratamento de Metais - Industria de Bebidas e  alimentos - Industria Metalurgica e  mecanica. 

RESIDUOS AVALIAÇÃO  E CONTROLE  

Emissão  atmosférica - Equipamentos para controle de emissões  de gases na atmosfera - Controle de material articulado e vapores - Tecnologias de inspeção veicular - Combustão limpa.

Efluentes Líquidos  -  Tecnologias de Sistemas de tratamento de  efluentes liquidos com alta carga organica - Novas Tecnologias para  retirada de metais pesados em efluentes liquidos industriais.

Residuos Sólidos  - Avanzos tecnológicos na Coleta, transporte e disposição final de residuos perigosos - Aplicação de biosólidos no  solo - Riscos a Saude Publica e ao Meio Ambiente. - Novas metodologias de aplicação em residuos sólidos. 

QUALIDADE AMBIENTAL  

Avaliação de Qualidade  - Tecnologias avançadas na qualidade do ar  e da agua - Normalização  de solos e agua subterranea.

Contaminação do solo -  Métodos de avaliação quantitiva de riscos.

Tecnologias utilizadas - 

Qualidade do ar   - Transporte sustentavel - Substancias Tóxicas na  atmosfera.

Recursos Hidrícos - Instrumentos de planejamento  de bacias hidrograficas - O papel da agua na  economia - Técnicas de controle em sedimentos contaminados em corpos de agua .

Biodiversidade e ecosistemas ameaçados - Florestas nativas - Reflorestamento - Ecosistemas ameaçados e areas de preservação - Regiöes Costeiras.

DESENVOLVIMENTO  ECOLOGICAMENTE SUSTENTAVEL 

Produção e  consumo sustentavel - Tranferencia de Tecnologia - Compromissos e relacionamiento internacionais  - Impacto Tecnológico - Educação e cultura ambiental  - Mercado de Carbono - Asuntos Internacionais

Maiores Informações

FAGGA EVENTOS   - Al Franca 1053 - 11º andar  -Tel. (5511) 9762 2154 - Fax (5511) 3106 1654 - SAO PAULO - BRASIL

Adaias - adaias@sti.com.br  - http://fagga.com.br/fitma/news


"A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo"     Peter Drucker

[ Topo ]

UJGOIÁS - O Universo Jurídico