Lgcta2.gif (7527 bytes)

 

Rede CTA-Consultant, Trader and Adviser
Pelo Desenvolvimento Limpo de um Novo Mercado Financeiro!
Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo
Rede - Sindecon Tel/Fax.: 3107.2035 - amyra@netdoctors.com.br


05068000001 - Information Commodities - ABES - REDE INTERAMERICANA DE RECURSOS HÍDRICOS - Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - Clima e Dispersão de Poluentes de Fontes Industriais

Information Commodities - ABES
REDE INTERAMERICANA DE RECURSOS HÍDRICOS
www.iwrn.net  e www.waterweb.org
Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental

Clima e Dispersão de Poluentes de Fontes Industriais

Apresentar uma visão sobre o uso dos recursos da atmosfera como ferramenta no controle ambiental, permitindo ao profissional de meio ambiente entender a temática da relação meteorologia e dispersão de poluentes atmosféricos, suas aplicações e limitações, inclusive nos estudos de impacto ambiental e planejamento de projetos de instalação de indústria e zoneamento industrial.

Público alvo

Profissionais atuantes nas áreas de meio ambiente em geral, na indústria, setor químico, refinarias, secretarias de meio ambiente, empresas públicas e privadas ligadas ao controle ambiental, organizações governamentais e não-governamentais de meio ambiente.

Docente

Sílvio de Oliveira – BSc., Meteorologia – UFRJ, Mestre em Ciências Espaciais (INPE), Prof. Colaborador de Meteorologia e Dispersão de Poluentes (Fac. Saúde Pública/USP), Consultor de Poluição do Ar e Clima de diversas empresas públicas e privadas, incluindo a Petrobrás – BR e a Cia. Vale do Rio Doce – CVRD.

Programa

Composição da Atmosfera e Radiação

Camada de ozônio; Efeito estufa; Formação de ozônio urbano, a partir de poluentes primários; e formação química de material particulado fino em zona industrializada; Formação de oxidantes; Chuva ácida.

Movimento da Atmosfera e Transporte de Poluentes

Escalas do movimento, circulação geral da atmosfera; Parâmetros de circulação que favorecem a concentração de poluentes na baixa atmosfera; Fenômenos de dispersão atmosférica.

Estabilidade Atmosférica e Inversão Térmica

Métodos para estimar a estabilidade; Classificação da estabilidade para estudos de dispersão; Efeitos da inversão térmica sobre a poluição do ar e sobre o comportamento da emissão de poluentes de fontes móveis e fixas na atmosfera.

Vento de Superfície

Interpretação do vento para planejamento industrial e avaliação de impacto; Interpretação de dados para estudos de dispersão; Exercícios práticos de aplicação.

Conceitos sobre Dispersão de Poluentes

Dispersão turbulenta; Cálculos da concentração de poluentes; Fórmulas para calcular a subida de plumas associado a cenários meteorológicos; Exercícios práticos de aplicação.

Uso de Modelos para Simulação da Poluição do Ar em Microcomputador

Descrição, composição e limitação de modelos; Dados para entrada no modelo; Organização da grade fonte receptora; Estabelecimentos de cenários meteorológicos críticos e comparação de resultados com padrões de qualidade do ar vigentes.

Clima e Dispersão de Poluentes de Fontes Industriais

23 a 25 de maio de 2000 - Auditório da ABES - São Paulo

Informações e Inscrições:

Assoc. Bras. de Engenharia Sanitária e Ambiental

FONES: (11) 813-9708 e 814-1872

E-MAIL: abessp@uol.com.br

FUNDESPA - Fundação de Estudos e Pesquisas Aquáticas

FONE/FAX: (11) 816-2737

E-MAIL: central@fundespa.com.br

LOCAL: Auditório da ABES/SP

Rua Costa Carvalho, 234 – Pinheiros - São Paulo/SP

"Fonte d'água" é o Informativo sobre ÁGUA em português do FLORIDA CENTER FOR ENVIRONMENTAL STUDIES - www.ces.fau.edu - Se desejar não receber mais notícias, escrever para fontedagua@ces.fau.edu.


"A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo"     Peter Drucker

[ Topo ]

UJGOIÁS - O Universo Jurídico